marxismo e cultura

PA76

A problemática da produção cultural sob a perspectiva da teoria marxista é objeto deste novo dossiê. “Marxismo e Cultura”, aqui editado, buscou reunir e organizar a produção marxista nacional e estrangeira disponível na internet e em português sobre cinema, teatro, literatura, música e arquitetura. A pesquisa resultou numa listagem de mais de 80 autores e duas centenas de trabalhos, entre artigos, capítulos de livros, obras na íntegra, entrevistas impressas e vídeos. Esclarecemos que a seleção, tanto dos autores quanto das obras, possui lacunas posto que foram selecionados apenas textos e vídeos disponíveis para download gratuito.

Somos gratos a Emiliano César de Almeida, pesquisador do IFCH, Unicamp, pela organização deste valioso e alentado dossiê.

A ilustração desta seção é a maquete da “Torre de Tatlin”, projeto idealizado após a Revolução de Outubro pelo notável escultor russo, Vladimir Tatlin, para a sede da III Internacional em Petrogrado.

Editoria

******


I. Autores brasileiros

João Emiliano Fortaleza de AQUINO

Espetáculo, comunicação e comunismo em Guy Debord

Emiliano César de ALMEIDA

Literatura e História

O método crítico de Antonio Candido

Paulo ARANTES

Providências de um crítico literário na periferia do capitalismo

Sentimento da dialética na experiência intelectual brasileira

Adéle Cristina Braga ARAÚJO

Estética em Lukács: reverberações da arte no campo da formação humana

Alexandre Rossato AUGUSTI; Michele NEGRINI

O legado de Guy Debord: reflexões sobre o espetáculo a partir de sua obra

Marcos André de BARROS; Luigi BORDIN

Walter Benjamin e Bertolt Brecht: para uma prática estética contra a barbárie e em defesa da vida

Hermenegildo BASTOS; Isabel BRUNACCI

História literária entre acumulação e resíduo: o eixo Graciliano-Rulfo

Hermenegildo BASTOS

Água brusca: utopia e ameaça na poesia de M. Bandeira

A estética da mercadoria no poema “O açúcar” de Ferreira Gullar

A obra literária como leitura/ interpretação do mundo

“As alvarengas”: relendo os passos de outro modernismo

“Atroadas de máquinas, motores, estrugidos”: lírica e sociedade na poesia de Joaquim Cardozo

Conhecimento e ameaça numa canção de Joaquim Cardoso

Literatura como trabalho e apropriação

O que vem a ser representação literária em situação colonial

Só o literário nó da questão (amplidão e confinamento em Pedro Páramo)

Um antagonismo fecundo: Guimarães Rosa e Graciliano Ramos

Um romance histórico de Leonardo Sciascia

Carlos Eduardo Ornelas BERRIEL

No centenário de George Orwell

Augusto BOAL

Brecht e, modestamente, eu!

Conversa com Augusto Boal: questão de crítica e outras entrevistas 

O que é a cultura?

Que pensa você da arte de esquerda?

Sérgio de CARVALHO

A atualidade de Brecht

Apontamentos sobre Fatzer

A superação do drama

Das vantagens de usar Brecht

Entrevista

Langhoff defende o teatro do escândalo

Nota sobre Bertolt Brecht

Obra expande caráter “laboratorial” de Brecht

O dia posto em cena

O tao do marxismo

Propostas brechtianas para um teatro no centro de São Paulo

Vera CECARELLO

O anagrama de Nael: paradoxos e memória presentes no narrador do romance “Dois irmãos” de Milton Hatoum

Maria Elisa CEVASCO

Momentos da crítica cultural materialista

O sentido da crítica cultural

Danielle CORPAS; Carlos LEAL

Benjamin e Kracauer: algumas passagens

Danielle CORPAS

“Tudo tinha de semelhar um social”. Perspectiva e retórica justificadora no narrador de Grande Sertão: Veredas.

Variações sobre um filme-sinfonia na crítica de Siegfried Kracauer

Iná Camargo COSTA; Paulo ARANTES

Debate no Seminário “Teatro épico e teatro pós-dramático na sociedade do espetáculo”.

Iná Camargo COSTA; Maria Elisa CEVASCO

Terry Eagleton: uma apresentação

Iná Camargo COSTA

A comédia desclassificada de Martins Penna

Antônio José e o teatro do Setecentos

A produção tardia do teatro moderno no Brasil

Entrevista. “Intelectuais têm pavor de revolução”

Fragmentos do encontro com Iná Camargo Costa e José Fernando de Azevedo

Por uma crítica cultural dialética

Sobre a atualidade de Brecht no seu centenário

Stanislavski na cena americana

Teatro de Arena, Marco Zero

Teatro de grupo contra o deserto do mercado

Teatro na luta de classes

Teatro político no Brasil

Ana COTRIM

Reflexos da guinada marxista de Georg Lukács na sua Teoria do Romance

Rodrigo CZAJKA; Miliandre Garcia de SOUZA

Um convite à estética

Rodrigo CZAJKA

Hegemonia cultural de esquerda, marxismo e mercado em Roberto Schwarz

Juarez DUAYER

Lukács e a atualidade da defesa do realismo na estética marxista

Fábio Akcelrud DURÃO

Adorno e Derrida: uma tentativa de aproximação

Alguns fragmentos sobre a literatura da destruição e o “Ulisses”, de James Joyce

As artes em nó

Cadernos Benjaminianos: Número especial em homenagem a Jeanne Marie Ganebin

Crítica da Multiplicidade

Da dialética da intoxicação em “Naked Lunch”, de David Cronenberg

Da politização da desconstrução em Gayatri Spivak

Das aspas invisíveis em “The Dead”, de James Joyce

De volta a Adorno na interpretação da cultura

Do pastiche sobre si: estilo e antropomorfismo no ‘Nausicaa’, de “Ulysses”

Da superprodução semiótica: caracterização e implicações estéticas

Do texto à obra

Duas formas de se ouvir o silêncio: revisitando 4’33

Ecolalias” – A Língua como Esquecimento

Entrevistas com Robert Hullot-Kentor

Fome de Ordem

Giros em falso no debate da Teoria

Impressões de um brasileiro em Nova Délhi

Modernismo e Coerência

O Efeito das Notas

Por uma crítica da multiplicidade nos estudos literários

Rememórias: Entrevistas sobre o Brasil do seculo XX

Sobre a atualidade dos estudos literários hoje

Três ideias para a validade da Dialética do Esclarecimento

Um esquecimento e dois conceitos

Vicissitudes da Perfeição: Resenha de *Labirintos da Aprendizagem*, de Marcos Mazzari

Natália Rizzatti FERREIRA

O pensamento político e social em Quarup, de Antonio Callado

Sérgio FERRO

Arquitetura e luta de classes (entrevista)

Celso FREDERICO

A sociologia da literatura de Lucien Goldmann

Cotidiano e arte em Lukács

Eduardo Luiz Viveiros de FREITAS

Dossiê Brecht

Sheila Cabo GERALDO

“Origem do Drama Alemão”: leitura e tentativa de compreensão das noções de Origem, Redenção, Mônada, Alegoria, Melancolia e Linguagem.

Aristeu Portela JUNIOR

Para compreender a sociedade espetacularizada: revisitando o pensamento de Guy Debord

Geraldo Witeze JUNIOR; Elias NAZARENO

América, lugar da utopia: de Bartolomé de Las Casas a Vasco de Quiroga

Geraldo Witeze JUNIOR

A utopia como gênero de fronteira entre história e literatura

Cultura utópica e o debate histórico social: o caso de Vasco de Quiroga

Onde está o não-lugar? um percurso em busca da utopia

Os muitos caminhos do Quixote: pluralidade de vozes e interpretação

Sancho Pança, governador: utopia e história em Dom Quixote

Vasco de Quiroga e a utopia na América

Milton Esteves JUNIOR

Guy Debord e o cinema, ou a redecomposição do espetáculo

Maria Rita KEHL

O espetáculo como meio de subjetivação

Leandro KONDER

Antonio Candido

A poesia de Brecht e a história

Benjamin e o marxismo

Mário de Andrade

Sérgio Buarque de Holanda

Oswald de Andrade

Walter Benjamin: o marxismo da melancolia

Luiz Renato MARTINS

Economia política da arte moderna/ providências para uma história crítica

O debate entre construtivismo e produtivismo, segundo Nikolay Tarabukin

Outubro outra vez ou as pontes de Petrogrado

A arte entre o trabalho e o valor

Uma crítica dialética nas artes visuais

As longas raízes do formalismo no Brasil

Michael LÖWY

A estrela da manhã: surrealismo e marxismo

Carga explosiva: o surrealismo como movimento romântico revolucionário

Ernest Bloch e Theodor Adorno: luzes do Romantismo

Lukács, Proust e Kafka, de Carlos Nelson Coutinho

Carlos Eduardo Jordão MACHADO

Walter Benjamin: crítica à ideia do progresso, história e tempo messiânico

Iraldo Alberto Alves MATIAS

Projeto e revolução: do fetichismo à gestão, uma crítica à teoria do design

Projeto, utopia e revolução: introdução ao debate entre “urbanistas” e “desurbanistas” soviéticos

Priscila MATSUNAGA

Cultura e política: o trabalho de Boal

Rodrigo de Negreiros MOURA; Irenísia Torres de OLIVEIRA

Walter Benjamin e o Surrealismo

Daniela MUSSI

Bolívar, Goya: o político e o artista diante da revolução burguesa

Dilemas interpretação como atividade crítica: Quentin Skinner e Antonio Gramsci

Literatura e política nos Cadernos do Cárcere

Política e cultura: Antonio Gramsci e os socialistas italianos

Política e literatura nos Cadernos do Cárcere: notícias de uma pesquisa

Rodrigo Alves do NASCIMENTO

A “alma russa” como espetáculo

O encontro de Tchékhov com o Oficina: desbunde, política e algumas contradições.

Maria Neli Costa NEVES

Influências e convergências: Brecht, Artaud, Glauber Rocha

Marcelo Brice Assis NORONHA

Crítica e realização: aspectos machadianos

Marxismo e estética: esboço de algumas relações

Maurício Miranda dos Santos OLIVEIRA

Marcuse e Jameson: da cultura afirmativa ao Pós-modernismo

Rainer PATRIOTA

A relação sujeito-objeto na Estética de Georg Lukács: reformulação e desfecho de um projeto interrompido.

Ricardo Prestes PAZELLO

Adolfo Sánchez Vázquez: marxismo criativo entre a utopia e a estética

Alexandre PILATI

O poeta nacional sem nação: impasses da formação do Brasil na lírica de Carlos Drummond de Andrade.

Alcides Freire RAMOS

Bertolt Brecht e o cinema alemão dos anos 1920

Luciana REQUIÃO

O valor econômico da cultura: um debate sobre formas de apropriação do conceito de cultura

Luís Távora Furtado RIBEIRO; Marcus Flávio Alexandre da SILVA

Prólogo da Estética de Lukács: um esboço para apresentação

Pablo Alexandre Gobira de Souza RICARDO

Guy Debord, jogo e estratégia: uma teoria crítica da vida

Marcelo Siqueira RIDENTI

A canção do homem enquanto seu lobo não vem: a agitação cultural e a opção pela revolução brasileira, 1964-69.

Entrevista: “Sibila debate 64: Marcelo Ridenti”

Márcia Regina RODRIGUES

Algumas considerações sobre o teatro épico de Brecht

Daniela Vieira dos SANTOS

As representações da “crise” da canção no projeto estético ideológico de Caetano Veloso: uma análise do álbum Circuladô Vivo (1992)

Brasilidade revolucionária: um século de cultura e política (resenha)

Não vá se perder por aí: a trajetória dos Mutantes

O nacional-popular no projeto estético de Caetano Veloso

Roberto SCHWARZ

Antonio Candido, um verbete

As ideias fora do lugar

Brincalhão, mas não ingênuo

Cultura e política, 1964-1969

Entrevista IEntrevista II

Entrevista III

Entrevista IV (vídeo)

Forma excêntrica de luta de classes

Leituras em competição

Nacional por subtração

Que horas são?: ensaios.

Sentimento íntimo do país (vídeo)

Sequências brasileiras

Um mestre na periferia do capitalismo

19 princípios para a crítica literária

Andréa Túbero SILVA

Guy Debord: antes e depois do espetáculo

Arlenice Almeida da SILVA

O lirismo em György Lukács

O símbolo esvaziado: a Teoria do Romance do jovem György Lukács

Carlos Augusto Moraes SILVA

Um charlatão ou um negador? Questões sobre o narrador e a representação do outro de classe em A hora da estrela de Clarice Lispector.

Marcos Henrique SILVA

Pintura realista russa no século XX – a construção da realidade proletária

Leandro Candido de SOUZA

Avessos da dialética: Adorno, Lukács e o realismo no século XX

Catarina VAZ

A sociedade do espetáculo – belo e contemplação

Carla Prado Lima Silveira VILELA

Trabalho, Linguagem e Literatura

Thyago  Marão VILLELA

Leon Trotsky e André Breton: os caminhos cruzados antes do Manifesto da FIARI (1938)

Ismail XAVIER

Cinema político e gêneros tradicionais: a força e os limites da matriz melodramática

Corrosão social, pragmatismo e ressentimento: vozes dissonantes no cinema brasileiro de resultados.

Da violência justiceira à violência ressentida

Entrevista I

Entrevista II

Entrevista III

Indagações em torno de Eduardo Coutinho e seu diálogo com a tradição moderna

O olho mágico, o abrigo e a ameaça: convulsões – Ruy Guerra filma Chico Buarque

Os deuses e os mortos: maldição dos deuses ou maldição da história?

Paulo Emilio e o estudo do Cinema

Um cinema da crueldade: o cine “underground” de Júlio Bressane

II. Marx e Engels e autores marxistas

Karl MARX e Friedrich ENGELS

Sobre Literatura e Arte

Theodor ADORNO

Notas sobre literatura I

Teoria Estética

Louis ALTHUSSER

O “Picollo”, Bertolazzi e Brecht (notas sobre um teatro materialista)

El conocimiento del arte y la ideología

Cremonini, pintor del abstrato

Sobre Brecht e Marx

Walter BENJAMIN

A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica

Magia e técnica, arte e política.

Obras escolhidas

Bertolt BRECHT

Amplitude e variedade do modo de escrever realista

Estudos sobre teatro

Teoria do rádio

André BRETON; Leon TROTSKY.

Por uma arte revolucionária independente

Guy DEBORD

A sociedade do espetáculo

Os situacionistas e as novas formas de ação na política ou na arte

Antonio GRAMSCI

Os intelectuais e a organização da cultura

György LUKÁCS

A alma e as formas

A relação sujeito-objeto na estética

A Teoria do Romance

Conversando com Lukács

Der Spiegel entrevista o filósofo Lukács

Ensaios sobre Literatura

Entrevista

Estética (Tomos I, II, III e IV)

Goethe e sua época

Introdução a uma estética marxista

Realismo crítico hoje

Vídeos sobre a obra de Lukács

Leon TROTSKY

Literatura e Revolução

III. Críticos marxistas contemporâneos

Aijaz AHMAD

A retórica da alteridade de Jameson e a “alegoria nacional”

Yann BEAUVAIS

A influência de Guy Debord no cinema experimental e na videoarte (parte I)

A influência de Guy Debord no cinema experimental e na videoarte (parte II)

Terry EAGLETON

A Ideia de Cultura

A Ideologia da Estética

As ilusões do pós-modernismo

Depois da teoria: um olhar sobre os Estudos Culturais e o pós-modernismo

Entrevista I

Entrevista II

Entrevista III

Marx estava certo

Marxismo e Crítica Literária

Fredric JAMESON

Filmar O capital?

O fim da temporalidade

O romance histórico ainda é possível?

Pós-modernidade e Sociedade de Consumo

Reificação e utopia na cultura de massa

Sobre a intervenção cultural

Anselm JAPPE

A arte de desmascarar

Douglas KELLNER

A cultura da mídia e o triunfo do espetáculo

Alexander KLUGE

Marx, Joyce e Eisenstein: a abstração mata

Pierre MACHEREY

Para uma teoria de la producción literaria

Leonardo PEGORARO

Ideologia e Estética

Nicolas TERTULIAN

Hartmann e Lukáca: uma aliança fecunda (parte I)

Hartmann e Lukács: uma aliança fecunda (parte II)

Adolfo Sanchez VÁZQUEZ

Convite à estética

Raymond WILLIAMS

Cultura

Marxismo e Literatura

Sites

Revista Atquitextos

 

 

Esta entrada foi publicada em Questões conjunturais. ligação permanente.