temáticas

0
temáticos
  • marxismo, sexualidade e gênero

                                           Como é ressaltado na Apresentação abaixo, este dossiê é uma tentativa dos marxistas de enfrentar, com rigor e seriedade analítica, o desafio teórico e político de debater a problemática da diversidade sexual e de gênero. Discursos e documentos produzidos sobre o tema por militantes e partidos; pesquisas recentes fundamentadas no marxismo; obras e textos sobre a história da diversidade sexual e da construção social e política da sexualidade e, finalmente, algumas contribuições do debate feminista no seu questionamento e convergências com a teoria marxista. Somos gratos a Rafael Dias Toitio pelo trabalho de organização de Marxismo, Sexualidade e Gênero; idêntico reconhecimento aqui fazemos a Douglas Santos Alves e Miguel Trujillo que nos enviaram valiosos materiais que integram o dossiê. Editoria Apresentação Rafael Dias Toitio A dificuldade de fazer um dossiê sobre Marxismo, Sexualidade e Gênero reside no fato de, no Brasil, ainda ser uma temática de pouco aprofundamento teórico […]

  • 150 anos de O Capital

    Há 150 anos era publicado o livro I da magnum opus de Karl Marx, Das Kapital. Resultado de duas décadas de pesquisa sobre o modo de produção capitalista, iniciada ainda em 1844 com os Manuscritos Econômico-Filosóficos, O Capital se propunha a ser uma “crítica da economia política”; ou seja, crítica da ordem social do capital e de sua mais elaborada representação ideológica. As categorias da economia burguesa eram deslindadas progressivamente não apenas em seu aspecto puramente econômico, mas também em sua dimensão política e ideológica, num movimento totalizante de compreensão do fenômeno social que partia de sua manifestação mais imediata, para a evidenciação de suas múltiplas determinações e conexões. Assim, apareciam não apenas as relações de exploração, como fundamento do processo de acumulação de capital, mas também o caráter alienante do trabalho e o conteúdo meramente formal da igualdade e da liberdade vislumbradas pela legalidade burguesa. Quando lançado em alemão, […]

  • Imperialismo, ontem e hoje

    Com o advento da chamada globalização, não foram poucos – inclusive no seio das esquerdas – os que decretaram o fim da dominação imperialista, pretensamente substituída pelo livre trânsito de bens, ideias e pessoas e pela cooperação entre países. A rigor, com a globalização o imperialismo não só não desapareceu, como assumiu formas mais sofisticadas de dominação, baseadas em diversos mecanismos de controle econômico, político e ideológico sem, no entanto, abandonar – quando necessários – o tradicional uso da força e a ocupação militar. Neste dossiê marxismo21 busca contribuir para o debate e a reflexão sobre este fenômeno tanto em sua trajetória histórica, quanto em sua manifestação contemporânea. Publicam-se aqui textos clássicos sobre o tema e o debate sobre os mesmos, além de análises sobre as formas atuais do imperialismo, tanto nos países centrais como nos países periféricos, como indicam as formulações sobre a teoria da dependência. Editoria ****** I. […]

  • marxismo, feminismo e gênero

    Neste 8 de março de 2016, publicamos o dossiê Heleieth Saffioti. Coordenado por Danilo Enrico Martuscelli, do Comitê editorial de marxismo21, o dossiê traz um conjunto  de textos da autora símbolo da resistência feminina no pais, seja no plano das lutas políticas, seja no plano das lutas ideológicas e teóricas. marxismo21, blog que divulga a produção teórica marxista no Brasil contemporâneo, não poderia deixar de fazer esta homenagem à autora que, no campo das ciências sociais no Brasil, representa uma inovação nos estudos sobre as questões de gênero, valorizando a importância da discussão sobre as lutas femininas, sem dissociá-las da polêmica questão da luta de classes no capitalismo contemporâneo. Desde janeiro de 2013, quando publicou o dossiê “marxismo e feminismo” – organizado à época por Angélica Lovatto e Paulo Barsotti -, marxismo21 dá ênfase ao tema. O dossiê tem sido republicado nos dias 8 de março de cada ano, sendo […]

  • marxismo e religião

       A questão religiosa esteve presente nos estudos e análises desenvolvidos pelo marxismo desde o início, como indicam os trabalhos dos jovens Marx e Engels sobre as relações entre religião, filosofia, política, ideologia e revolução. Apesar da forte presença da questão religiosa nas reflexões dos principais teóricos marxistas, ao longo dos anos o debate sobre o tema foi relativamente subvalorizado por conta de uma interpretação equívoca do legado marx-engelsiano, que concebia o fenômeno religioso como um mero reflexo da dinâmica econômica ou como simples ideologia passadista, destinada ao desaparecimento histórico.    No entanto, a força social demonstrada pelo fenômeno religioso desde o final do século XX levantou a necessidade de atualização deste componente da tradição marxista, suscitando o aparecimento de novos trabalhos e estimulando o debate entre acadêmicos, estudiosos e militantes. Além disso, ao longo do século XX vários budistas, cristãos, judeus e muçulmanos inspiraram-se em diferentes aspectos da tradição […]

  • marxismo, linguagem e discurso

    O ensaio abaixo examina a problemática teórica e os objetivos do dossiê “marxismo, linguagem e discurso”. No decorrer do texto, o autor justifica a ordenação do extenso material que consta do dossiê. Somos gratos a Rodrigo Oliveira Fonseca (UFSB) por este valioso e qualificado trabalho de pesquisa que teve a colaboração de Ana Zandwais (UFRGS), Florence Carboni (UFRGS), Helson Fávio da Silva Sobrinho (UFAL), Maria Virgínia Borges Amaral (UFAL) e Mónica Zoppi-Fontana (Unicamp). Editoria / Outubro de 2015 ****** Marxismo, linguagem e discurso Rodrigo Oliveira Fonseca (UFSB) Apresentação Há tempos as classes dominantes dispõem de uma considerável clareza acerca do papel exercido pela língua nos processos de assujeitamento. Nesse sentido, é elucidativa uma passagem do texto de instituição do Diretório dos Índios, de 1755, que diz o seguinte: Sempre foi máxima inalteradamente praticada em todas as nações que conquistaram novos Domínios introduzir logo nos Povos conquistados seu próprio idioma, […] um dos […]

  • marxismo e cultura

    A problemática da produção cultural sob a perspectiva da teoria marxista é objeto deste novo dossiê. “Marxismo e Cultura”, aqui editado, buscou reunir e organizar a produção marxista nacional e estrangeira disponível na internet e em português sobre cinema, teatro, literatura, música e arquitetura. A pesquisa resultou numa listagem de mais de 80 autores e duas centenas de trabalhos, entre artigos, capítulos de livros, obras na íntegra, entrevistas impressas e vídeos. Esclarecemos que a seleção, tanto dos autores quanto das obras, possui lacunas posto que foram selecionados apenas textos e vídeos disponíveis para download gratuito. Somos gratos a Emiliano César de Almeida, pesquisador do IFCH, Unicamp, pela organização deste valioso e alentado dossiê. A ilustração desta seção é a maquete da “Torre de Tatlin”, projeto idealizado após a Revolução de Outubro pelo notável escultor russo, Vladimir Tatlin, para a sede da III Internacional em Petrogrado. Editoria ****** I. Autores brasileiros João […]

  • marxismo e a questão agrária

    Nesta página divulgamos um diversificado conjunto de textos, documentos e escritos que refletem sobre a questão agrária no Brasil e no mundo; este dossiê reúne as contribuições de estudiosos, organizações políticas e movimentos sociais. Ao contrário do que alguns intérpretes vaticinaram, a questão agrária e, em especial, o problema camponês continuam mobilizando segmentos sociais importantes e suscitando o debate sobre a dinâmica da sociedade capitalista e as alternativas históricas para sua superação. Neste sentido, marxismo21 – solidário com os movimentos de luta pela terra – busca contribuir para este relevante debate ao disponibilizar um acervo significativo de materiais. Como tem sido uma prática editorial de marxismo21, a organização deste dossiê é o resultado da colaboração de diversos pesquisadores; no entanto, impõe-se aqui o agradecimento especial aos companheiros do Grupo de Pesquisa Modos de Produção e Antagonismos Sociais (MPAS) e aos professores Paulo Zarth e Cláudio Lopes Maia que tiveram participação […]

  • marxismo e educação

    Mario Manacorda (1914-2013), marxista italiano, afirmou em seu conhecido livro – Marx e a Pedagogia Moderna – que a educação é um tema apenas ocasional na obra de Marx e Engels. Todavia, ao analisarem as relações de produção no capitalismo, a ideologia burguesa, o desenvolvimento das forças produtivas, a luta de classes e o movimento operário e socialista, Marx e Engels elaboraram alguns conceitos e elementos teóricos a partir dos quais se produziu no século XX, além de uma teoria marxista da educação, uma pedagogia marxista e socialista. O presente dossiê “marxismo e educação” disponibiliza aos leitores de marxismo21 uma extenso número de dissertações e teses, artigos, vídeos e livros, acervo que coloca em evidência a significativa importância do marxismo – sobretudo do pensamento de Gramsci, Vigotsky, Althusser, entre outros – no campo educacional brasileiro. No fundamental, são trabalhos resultantes de pesquisas de natureza teórica e, sobretudo, de natureza empírica – sobre […]

  • O socialismo internacional e a I guerra mundial

    Os textos que integram este dossiê foram, em sua maioria, redigidos no calor da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e expressam diferentes abordagens do conflito por parte de alguns dos principais teóricos e dirigentes do Socialismo Internacional no início do século 20. Eles recobrem não apenas a avaliação da guerra e seus significados, mas também o processo revolucionário russo, em seus dois momentos; ao longo de 1917 e das dificuldades e problemas da consolidação do poder revolucionário da jovem república soviética. Fazem parte também desta seleção – que não pretende ser definitiva nem sequer exaustiva – capítulos da obra do historiador sueco Bo Gustafsson que aborda um dos mais importantes debates do movimento socialista europeu pré-guerra, aquele suscitado pela discussão das teses revisionistas de Eduard Bernstein (1850-1932). Divulgam-se também um clássico livro e um ensaio deste autor; este último texto integra o Bernstein-Debatte que é objeto de um elucidativo artigo de autoria […]

  • Estado e democracia

    Dentre as mais importantes contribuições do marxismo para a análise política estão aquelas relacionadas com os temas do Estado e da democracia. Desde Marx, Engels e Lenin, atravessando todo o século XX e até os dias de hoje, os autores marxistas procuraram inserir os estudos destes fenômenos políticos no contexto maior de uma totalidade social, procurando entender a especificidade da política em sua relação com os fenômenos sociais, econômicos e culturais. Respeitando a autonomia própria da política, o marxismo logrou especialmente mostrar os nexos existentes entre o Estado, a democracia e as classes sociais. No caso da democracia, sem desconsiderar os seus aspectos institucionais, legais e formais, o marxismo evidenciou o seu conteúdo substantivo essencial enquanto dominação de classe sobre classe, cuja desaparição só é pensável com o fim das classes e da dominação política. Como mostra o dossiê, boa parte dos textos se deteve no estudo da democracia capitalista, […]

  • Teoria das classes sociais

    Nesta página marxismo21 publica um extenso e diversificado dossiê que examina a problemática das classes sociais. Textos do marxismo clássico e de pesquisadores brasileiros e do exterior debatem a teoria materialista das classes sociais e da luta de classes; igualmente são examinados os conceitos de burguesia, proletariado/ classe operária, classe média/pequena burguesia e movimentos sociais nas formações sociais capitalistas contemporâneas. Como o leitor poderá comprovar, o dossiê publica contribuições de diferentes vertentes teóricas no interior do marxismo e textos de outros autores que, de forma qualificada, debatem e polemizam com a teoria marxista. Na organização deste dossiê foi inestimável a colaboração dos pesquisadores Sávio Cavalcante, Patrícia Trópia e Adriano Nascimento a quem a Editoria é especialmente grata. Editores marxismo21 ****** I. Textos clássicos A situação da classe operária em Inglaterra, Friedrich Engels  Manifesto do Partido Comunista, Karl Marx , Friedrich Engels  A burguesia e a contra-revolução, Karl Marx Trabalho assalariado e capital, […]

  • marxismo e direito

    Nesta página publicamos textos, vídeos e sites que abordam a questão teórica do direito. O dossiê “Marxismo e Direito” está organizado em oito seções; nas três primeiras são indicados: 1) textos de clássicos do marxismo: Marx, Engels, Korsch, Trostky, Luxemburgo, Liebknecht e Lunacharsky, assim como de juristas soviéticos que procuram sistematizar a crítica marxista do direito, entre os quais se destacam: Pachukanis, Stutchka e Vychinskij; 2) textos de autores e comentadores contemporâneos de vários países, especialmente, de origem latino-americana e 3) contribuições de estudiosos brasileiros. Nas demais partes, divulgamos outros textos que não se fundam sobre pressupostos e categorias marxistas, mas que se orientam por uma perspectiva crítica do direito. São também informados sites de entidades que desempenham um papel progressista na luta ideológica; resenhas de livros relevantes para a discussão da problemática do dossiê; entrevistas, vídeos e áudios e sites de revistas da área de direito que se orientam […]

  • 40 anos do golpe militar no Chile

    marxismo21 publica nesta página um conjunto de matérias alusivas ao golpe de Estado que, 40 anos atrás no Chile, derrubou o governo democrático e popular de Salvador Allende. Artigos, entrevistas,  depoimentos, dissertações/teses, vídeos e filmes aqui divulgados buscam contribuir para o conhecimento do contexto político e social que precedeu aquele dramático e trágico evento para os socialistas do todo o mundo e, em particular, para o povo chileno que – sob a ditadura militar (1973-1990) comandada pelo general Augusto Pinochet – foi vítima de brutais violências (prisões. desparecimentos, torturas e mortes). Editores ****** Chile: 40 anos do golpe militar Mário Maestri/ c. consultivo marxismo21 Há 40 anos, em 11 de setembro de 1973, alguns milhares de soldados iniciavam o golpe que poria fim ao governo constitucional e à chamada via chilena ao socialismo. No palácio presidencial de La Moneda, no centro de Santiago, Salvador Allende morria lutando, cercado por alguns poucos fiéis, após […]

  • Imperialismo: teoria e crítica

    marxismo21 examina nesta página a problemática do imperialismo, noção decisiva da crítica da economia política marxista. Tendo em vista a natureza e a especificidade do blog, são aqui divulgadas, na sua quase totalidade, matérias de autores brasileiros que discutem a teoria do imperialismo na versão dos clássicos do pensamento marxista e debatem os novos desafios colocados à essa teoria face as transformações do Estado e da sociedade capitalista contemporâneos. Vale sempre lembrar que os textos postados foram selecionados de publicações de esquerda, simpósios marxistas, bibliotecas digitais universitárias etc. Os Editores Sobre a teoria do imperialismo Interpretações clássicas do imperialismo, Eduardo Mariutti acesso A gênese da teoria do imperialismo, Luis Fernandes acesso Lenin, imperialismo e revoluções, Valério Arcary acesso Nota sobre a teoria do imperialismo, Marcos del Roio acesso Desenvolvimento desigual e combinado e imperialismo, Michael Löwy acesso Imperialismo e capital financeiro, Larissa Veiga acesso Imperialismo e capitalismo, Marcos del Roio acesso Imperialismo e hegemonia, […]

  • marxismo e feminismo

    A iniciativa de dedicarmos uma página especial do blog à problemática do “Marxismo e Feminismo” surgiu de uma provocativa e efusiva manifestação de uma leitora, Eduarda de Lemos, que nos escreveu por ocasião do lançamento do blog. Nessa oportunidade, ela afirmava “é de enlouquecer por aqui olhando as publicações (do blog), sem contar que está bem organizado!”; igualmente fazia uma sugestão para que se criasse um tópico especial sobre marxismo-feminismo no blog. Nossa leitora, inclusive, reconhecia que nele já havia alguns textos sobre o tema, “mas ficaria lindamente lilás se tivessem muitos outros”. A partir dessa manifestação, outros membros de nosso Conselho Editorial e Consultivo foram apoiando e estimulando a ideia. Dentro dos princípios que norteiam marxismo21, construiu-se, pois, esta página especial. Como ponto de partida, apresentamos dois textos clássicos do marxismo, escritos no início do século XX, no contexto da Revolução Russa, que discutem a nova mulher, a nova […]

Comments are closed.

Powered by themekiller.com