200 anos da Independência do Brasil

0

No ano em que a efeméride do bicentenário da Independência do Brasil é capturada por um governo que aprofunda a dependência do país aos humores do mercado mundial e à política belicista do império norte-americano – ameaçando não apenas a vigência do regime democrático-liberal, mas a própria existência física da oposição popular –, marxismo21 busca contribuir para o estudo e o debate sobre o processo de emancipação política brasileiro.

Fundamental na constituição do Estado e das classes dominantes nacionais – marcados desde o início por estruturas políticas antidemocráticas e centralizadoras e por uma perspectiva social fortemente desigualitária e ideologicamente conservadora –, o processo de Independência revela-se ainda hoje inconcluso e limitado do ponto de vista das classes trabalhadoras.

Com este dossiê marxismo21 pretende incentivar a reflexão crítica e a práxis transformadora dos militantes e das massas trabalhadoras do país com vistas à sua verdadeira emancipação política e social.

Editoria, setembro 2022

*****

a) Clássicos:

Caio Prado Júnior, Evolução política do Brasil

Décio Saes, A formação do Estado burguês no Brasil – parte II

Emilia Viotti da Costa, Da monarquia à república

Fernando Novais, Portugal e Brasil na Crise do Antigo Sistema Colonial (1777-1808)

Fernando A. Novais e Carlos G. Motta, A independência política do Brasil

Florestan Fernandes,  A revolução burguesa no Brasil

História Geral da Civilização Brasileira, O Brasil Monárquico. O processo de Emancipação. Tomo II, Volume 3

Ilmar Rollof de Mattos, O tempo saquarema

José Murilo de Carvalho, A construção da ordem. Teatro de Sombras

Nelson Werneck Sodré, As razões da Independência

Raimundo Faoro, Os donos do poder

b) Trabalhos mais recentes:

Blog das Independências

Brasil: 200 anos de uma independência incompleta. Revista Princípios. v. 41 n. 164 (2022)

Lucília Siqueira,  Independência: história e historiografia.

João Paulo G. Pimenta, A independência do Brasil como uma revolução: história e atualidade de um tema clássico

Juan Carlos Garavaglia, Os primórdios do processo de independência hispano-americano.

Jurandir Malerba, A corte no exílio. Civilização e poder às vésperas da Independência (1808-1821)

Maria de Lourdes Vianna Lyra, A utopia do poderoso império. Portugal e Brasil: bastidores da política (1798-1822).

Márcia R. Berbel. Os apelos nacionais nas cortes constituintes de Lisboa (1821-22).

Sonia Regina de Mendonça, A independência do Brasil em perspectiva historiográfica

c) Vídeos:

A independência do Brasil narrada pelos arquivos

A maçonaria e a Independência do Brasil

 

Leave A Reply

Powered by themekiller.com