especiais

0
especiais
  • revista marxismo21

    I. Programa da revista marxismo21.  Com mais de quatro anos de existência, o blog marxismo21 vem conseguindo enfrentar o desafio apresentado na sua proposta de fundação: fomentar “uma orientação democrática, não sectária e pluralista” no campo do marxismo brasileiro, sem privilegiar “nenhuma tradição teórica, nem se filiar a qualquer corrente político-partidária”. Exemplo disso são as constantes postagens que abarcam diferentes perspectivas teóricas presentes no marxismo. Porém, até agora, a sua característica central é a de ser um acervo à disposição da pesquisa marxista brasileira, pois quase todo o material utilizado já está disponível na Internet. Exceções têm sido os dossiês sobre temas conjunturais – que contribuem para organizar e alimentar o debate com uma maioria de trabalhos ainda inéditos – e a seção Resenhas com textos igualmente inéditos, e que buscam contribuir para estimular a discussão crítica entre autores marxistas. Visando dar um salto de qualidade na sua intervenção na luta de ideias no Brasil, marxismo21 se propõe agora a lançar uma nova revista virtual que, além das características acima mencionadas de seu trabalho editorial, se oriente pelas seguintes preocupações:  ler mais II. Chamada de artigos no. de revista. Tema: “Marxismo e o Brasil de hoje”.  O marxismo chega ao […]

  • jornadas de junho 2013

    Matérias diversas (artigos, notas de entidades, blogs, vídeos, músicas, textos complementares etc.) desta página documentam as jornadas de junho que levaram milhões de pessoas às ruas e praças de todo o país. Os significados, a natureza contraditória e a complexidade dessas manifestações de radicalidade social e política são aqui debatidos; são privilegiadas análises de entidades e  autores comprometidos com o pensamento progressista e de esquerda. Como se poderá comprovar, esta página apresenta diferentes e, por vezes, antagônicas interpretações das jornadas de junho. Por meio dela, marxismo21 busca contribuir para que se possa alcançar um adequada compreensão crítica e autocrítica dos acontecimentos que desafiaram os socialistas e questionaram em profundidade a democracia liberal-burguesa no Brasil. Tendo em vista sua natureza dinâmica, a colaboração dos leitores é bem-vinda. Postaremos as matérias recebidas que se alinham com os objetivos e a orientação acima explicitados. Textos aqui divulgados também constam de sites/blogs abaixo informados. Editores/junho 2013 ****** Documentos e Notas de entidades Movimento Passe Livre Pesquisadores da USP Contra a violência da PM Pela Liberdade de Expressão Nota do PCB Nota do PCdoB Direção PCO Nota do PSOL Direção do PSTU Nota da AE/PT Arma da Crítica CC L. Carlos Prestes Consulta Popular LBI-QI LER-QI  Refundação Comunista FARJ C. Comunista Internacional PCR […]

  • A Comuna de Paris

    Significativa e relevante experiência social e política da luta dos trabalhadores e dos movimentos sociais populares pela construção do socialismo,  A COMUNA DE PARIS DE 1871 foi e continua sendo um objeto permanente de reflexão e inesgotáveis ensinamentos para todos que buscam a radical transformação do Estado e sociedade capitalistas. Por ocasião dos 142 anos de sua comemoração, os socialistas revolucionários de todas latitudes continuam afirmando que os valores, ideais e objetivos desta autêntica “fulguração na história” não deixam de ser atuais enquanto persistirem em todo o mundo as estruturas iníquas e opressivas da ordem capitalista e imperalista. Nas definitivas palavras de Lênin, “a causa da Comuna é a causa da revolução social, é a causa da completa emancipação política e econômica dos trabalhadores, é a causa do proletariado mundial. E neste sentido é imortal”. Associando-se a todos que homenageiam a heróica luta de mulheres, homens e crianças que deram suas vidas na defesa da humanidade, marxismo21 nesta página divulga, predominantemente, trabalhos (artigos, vídeos de aulas e palestras, filmes etc.) sobre a Comuna de Paris publicados no país. Igualmente textos de clássicos do pensamento marxista são aqui divulgados. A Comuna não está morta! VIVA A COMUNA DE PARIS! Os Editores Marx e Engels sobre a […]

  • Oscar Niemeyer

    O reconhecimento do trabalho arquitetônico de Oscar Niemeyer é praticamente unânime em todo o mundo. O conjunto da mídia, brasileira e internacional – por meio de extensas matérias e depoimentos de artistas e intelectuais –, tem exaltado a criatividade, a originalidade, a plasticidade e a genialidade dessa ciclópica e ecumênica obra. Certamente, poucos artistas no mundo e em todos os tempos alcançaram semelhante consagração; nas palavras de seu dileto amigo Darcy Ribeiro, “Oscar Niemeyer (será) o único brasileiro a ser lembrado, no mundo todo, daqui a mil anos”. Nesta breve homenagem, marxismo21 busca destacar qualidades e valores que nem sempre foram devidamente ressaltados nas extensas matérias dedicadas ao arquiteto: o engajamento humanista e o compromisso com os ideais comunistas. Na sintética definição de Eduardo Galeano, Niemeyer ama as curvas, mas “odeia as linhas retas e o capitalismo.” O texto de Niemeyer publicado – informando como ele concebeu uma de suas obras engajadas –, permite-nos esclarecer um pouco de sua concepção estética e política. Como repetidamente afirmava, mais importante do que a arquitetura era a revolução. Questionando alguns críticos de esquerda no Brasil, divulgamos um artigo de um jovem arquiteto marxista; para Alexandre Benoit, o conjunto do trabalho de Niemeyer deve […]

  • Eric Hobsbawm

    Reconhecendo a relevância e a fecundidade da produção historiográfica de Eric Hobsbawm – cujos trabalhos sempre estiveram comprometidos com as lutas dos trabalhadores e com a defesa do socialismo –,  marxismo21 manifesta seu pesar pelo recente desaparecimento desse autor. O pensamento crítico e socialista de todo o mundo perde, hoje, uma de suas figuras mais expressivas e emblemáticas. Nesta breve homenagem, publicamos dele o instigante “Manifesto para a Renovação da História”; por sua vez, Diorge Konrad – na qualidade de historiador, militante socialista e membro de nosso conselho consultivo -,  dá um depoimento pessoal sobre sua aproximação com a obra de Hobsbawm; ao mesmo tempo mostra a importância dela para a historiografia marxista, em particular, para  a pesquisa sobre a história social e o mundo do trabalho.  A seguir são informados os links que permitem acesso a uma dissertação acadêmica, artigos, resenhas e entrevistas de renomados especialistas em torno da obra do autor. Por último, marxismo21 publica três manifestações de partidos políticos da esquerda brasileira sobre a morte de Eric Hobsbawm. Editores ***** Eric Hobsbawm autografa A era dos extremos, em Paraty, RJ. (Detalhe significativo: um jornal da classe operária brasileira, até final da sessão, permaneceu à esquerda do historiador marxista.) ***** Manifesto para a renovação da história Eric HOBSBAWM (texto apresentado […]

  • Proposta Editorial

    marxismo21 Tantas vezes anunciada como superada ao longo de mais de um século, a teoria marxista tem despertado um significativo e abrangente interesse em todo o mundo. Para nós, isso decorre de sua natureza científica e de sua dimensão crítica, decisivas não apenas para a análise e diagnóstico da crise estrutural do capitalismo como também para a radical superação desta forma de sociabilidade, sobretudo a partir da mais recente crise da economia capitalista. Entendemos também que o marxismo apenas conseguirá responder aos desafios do século 21 caso se mantenha aberto à confrontação permanente com os novos fenômenos da atualidade, seja na economia, seja na política, na cultura, etc., testando sempre a validade de suas hipóteses. Por sua vez, a afirmação teórica do marxismo nunca será um ato gratuito, implicando sempre um compromisso com as lutas sociais e políticas contra o capitalismo e pelo socialismo. Com características inéditas no Brasil, marxismo21 visa responder às necessidades intelectuais não apenas de estudantes e pesquisadores, mas também de militantes sociais e partidários, professores e estudantes do ensino médio, informando-os sobre as programações, os eventos e as distintas produções teóricas comprometidas com as obras teóricas de Marx e Engels. Convencidos de que a riqueza e a […]

Comments are closed.

Powered by themekiller.com