A Comuna de Paris: 150 anos

0

Significativa e relevante experiência social e política da luta dos trabalhadores e dos movimentos sociais populares pela construção do socialismo, A COMUNA DE PARIS DE 1871 foi e continua sendo um objeto permanente de reflexão e inesgotáveis ensinamentos para todos que buscam a radical transformação do Estado e sociedade capitalistas. Por ocasião dos 150 anos de sua comemoração, os socialistas revolucionários de todas latitudes continuam afirmando que os valores, ideais e objetivos desta autêntica “fulguração na história” não deixam de ser atuais enquanto persistirem em todo o mundo as estruturas iníquas e opressivas da ordem capitalista e imperalista. Nas definitivas palavras de Lênin, “a causa da Comuna é a causa da revolução social, é a causa da completa emancipação política e econômica dos trabalhadores, é a causa do proletariado mundial. E neste sentido é imortal”.

Associando-se a todos que homenageiam a heróica luta de mulheres, homens e crianças que deram suas vidas na defesa da humanidade, marxismo21 nesta página divulga, predominantemente, trabalhos (artigos, vídeos de aulas e palestras, filmes etc.) sobre a Comuna de Paris publicados no país. Igualmente textos de clássicos do pensamento marxista são aqui divulgados.

A Comuna não está morta! VIVA A COMUNA DE PARIS!

Editoria, 28/4/2013 – 18/3/2021.

*****

Marx e Engels sobre A Comuna de Paris de 1871

Na alvorada de 18 de março (1871), Paris foi despertada por este grito de trovão: VIVE LA COMMUNE! O que é, pois, a Comuna, essa esfinge que põe tão duramente à prova o entendimento burguês?

“Os proletários da capital – dizia o Comité Central no seu manifesto de 18 de março – no meio das fraquezas e das traições das classes governantes, compreenderam que chegara para eles a hora de salvar a situação assumindo a direção dos assuntos públicos… O proletariado… compreendeu que era seu dever imperioso e seu direito absoluto tomar nas suas mãos o seu próprio destino e assegurar o triunfo apoderando-se do poder.”
Mas a classe operária não se pode contentar com tomar o aparelho de Estado tal como ele é e de o pôr a funcionar por sua própria conta.

O poder centralizado do Estado, com os seus órgãos presentes por toda a parte: exército permanente, polícia, burocracia, clero e magistratura, órgãos moldados segundo um plano de divisão sistemática e hierárquica do trabalho, data da época da monarquia absoluta, em que servia à sociedade burguesa nascente de arma poderosa nas suas lutas contra o feudalismo.”

“Em presença de ameaça de sublevação do proletariado, a classe possidente unida utilizou então o poder de Estado, aberta e ostensivamente, como o engenho de guerra nacional do capital contra o trabalho. Na sua cruzada permanente contra as massas dos produtores, foi forçada não só a investir o executivo de poderes de repressão cada vez maiores, mas também a retirar pouco a pouco à sua própria fortaleza parlamentar, a Assembleia Nacional, todos os meios de defesa contra o executivo.” ler mais

* Sintética cronologia de A Comuna de Paris de 1871

******

A perspectiva das classes dominantes sobre a A Comuna e seus combatentes:

Que (Versalhes) transforme Paris num monte de ruínas, que as ruas se transformem em rios de sangue, que toda sua população pereça, que o governo mantenha sua autoridade e demonstre seu poder, que Versalhes esmague totalmente – seja qual for o custo – qualquer sinal de oposição a fim de dar a Paris e a toda França uma lição que possa ser lembrada e aproveitada pelos séculos que virão”. Editorial de The New York Herald, maio 1871 (citado in La Commune de Paris 1871, filme de Peter WATKINS ).

******

I. Textos clássicos do pensamento marxista

Carta de Marx

Engels

Lenin 1

Lenin 2

Trotsky

II. Textos de autores do exterior

Engels sobre a Comuna de Paris 

Gustave Courbet aos Artistas da Comuna de Paris 

A Comuna de Paris 1871, Peter Kropotkin

História da Comuna de Paris de 1871, Prosper-Olivier Lissagaray

A Comuna de Paris. 1971. Origens e massacre, John Merriman

Os dias da Comuna: a poesia na luta pelo futuro 

Os cravos rubros ,Louise Michel

O anjo vermelho da revolução , Louise Michel

Lições da Comuna, Leon Trotsky

III. Textos publicados no país

A Comuna de Paris de 1871: organização e ação, Camilla do Vale (tese)

A Comuna de Paris na história, Armando Boito Jr. (org) 

A Comuna e a emancipação dos trabalhadores, David Maciel

A Comuna e a perspectiva do trabalho,  Lúcia Ap. Sartório

A Comuna e o internacionalismo proletário, Silvio Costa

A Comuna de Paris na perspectiva do trabalho. Lucia A. Valadares Sartório

A Comuna de Paris para além dos mitos, João Bernardo

A Comuna de Paris: a primeira revolução do proletariado, Pedro Malatesta

A Comuna de Paris: seu legado político 148 anos depois, Gonzalo Adrián Rojas

130 anos da Comuna de Paris: a Comuna de Paris na história, Oswaldo Coggiola

A primeira internacional operária e a Comuna de Paris. Osvaldo Coggiola

A relação espaço-operário na Cidade: Os Casos da Comuna de Paris de 1871 e da Greve Geral de 1917 em São Paulo, Amir El Hakim de Paula

A Revolução de 1871: construção histórica e cena política. Milton Pinheiro

As lições da Comuna de Paris para a educação. Paulino José Orso

As mulheres e a Comuna de Paris de 1871. Camila Valle

As mulheres na Comuna: de coadjuvantes a protagonistas. Jaqueline Andrade

As mulheres na Comuna de Paris, Annabelle Bonnet e Victor Neves

Comuna de Paris – e do mundo. Vânia Noeli Ferreira de Assunção

Comuna de Paris: outra democracia é possível? Antoni Aguiló

Educação e luta de classes : a experiência da educação na Comuna de Paris (1871). Jane Barros Almeida  (tese),

Ensinamentos da Comuna de Paris. Sílvio Costa

Hoje comemoramos 149 Anos da Comuna de Paris 1871. Sílvio Costa

Karl Korsch e a a Comuna de Paris, Luciano Martorano

Marx, Engels e a Comuna de Paris. Augusto Buonicore

Nikos Seretakis e o legado político da Comuna de Paris 

O significado antissectário da Comuna de Paris. Manu Goswami

Revolução Francesa e Comuna de Paris: Reflexões na Educação Básica. Alfredo Oscar Salun

Velho, novo e novíssimo: a Comuna nos escritos de  Gramsci, Sabrina Areco

Walter Benjamin e a Memória da Comuna, Marc Berdet

A Comuna de Paris: história e legado político. Milton Pinheiro.

A Comuna de Paris: uma fulguração na história. Caio N. de Toledo.

A Comuna de Paris e a teoria da revolução em Marx. Valério Arcary.

A I Internacional operária e A Comuna de Paris. Osvaldo Coggiola.

A Comuna de Paris no Brasil. Marcelo Badaró.

A Comuna de Paris (1871). Roberto Ponge.

A educação na Comuna de Paris. J. Claudinei Lombardi.

Comuna de Paris, “partidos” e “movimentos sociais”: as agruras da organização política dos trabalhadores. Eliel Machado.

Dilemas da transição: um estudo crítico da obra de Lenin de 1917-1923. Rafael Afonso da Silva.

“Estamos aqui pela humanidade!” Viva a Comuna de Paris de 1871! Paulo Barsotti

Louis Eugène-Varlin. João Alberto C. Pinto.

Marx e A Comuna de Paris. David Maciel.

Marx e a Comuna, Marcos Del Roio

Nos Rastros da Comuna: Uma Educação Escolar Laica, Emancipadora e Democrática. Kalhil Gibran de Lucena e Maria Ângela de Faria Grillo.

O significado político da Comuna. Nildo Viana.

Tão longe e tão perto: a Comuna de Paris e nós. Lúcio Flávio Almeida.

IV. Dossiês

Dossiê de Cem Flores (vários textos)

Dossiê da Fundação Maurício Grabois (L. Martorano, A. Buonicore e outros)

Dossiê de Novos Temas (M. Pinheiro, J.Q. Moraes e outros)

Dossiê de Espaço Acadêmico (A. Ozai, E. Andrade e outros)

Dossiê revista PUC-VIVA (40) sobre A Comuna de Paris

Dossiê PUC-VIVA (41) sobre A Comuna de Paris

V. Vídeos e Podcasts:

PodCast

Nos 150 anos da Comuna de Paris (a partir de uma ideia de Sérgio Ferro).

Marx e a Comuna, J. Paulo Netto

Gramsci e a Comuna, C. Nelson Coutinho

A Comuna e a ditadura do proletariado, J. P. Netto

A Internacional e a Comuna,O. Coggiola

A Comuna, proletários e democracia, V. Arcary

Marx, Bakunin e a Comuna, J. Bernardo

A Comuna e a transição ao socialismo, M. Pinheiro

Lenin e a  Comuna de Paris, R. Coutinho

A Comuna e o Marxismo, A. Carlos Silva

Comuna, Comunas, A. Ozai

Marx e a Comuna, Livia. Cotrim

A Comuna & América Latina, A. Mendes

Outras comunas virão, V. Gianotti

A Comuna e Lenin, J. Bocchi

A Comuna e seu contexto, R. Casas

VI. Filmes sobre A Comuna de Paris

La Commune de Paris 1871, Peter Watkins

The New Babylon, Grigorii Kozintsev

La Commune de Paris, R Menegoz 

VII. Áudio

comuna_de_paris

VIII. Pesquisas sobre A Comuna de Paris de 1871.

* Extensa bibliografia, iconografia (cartazes, fotos, caricaturas etc.), vídeos, filmes, artes plásticas em torno da Comuna podem ser consultados na página de L´Association des Amis de La Commune de Paris 1871 ;

* Os últimos dias da Comuna

* Magníficas fotos (algumas delas comentadas por estudiosos) de vários momentos da Comuna podem ser aqui acessadas ;

* Por ocasião dos 140 anos da Comuna de Paris, colaboradores de marxismo21 criaram o blog Amig@s da Comuna no qual foram informadas as atividades sobre o episódio realizadas, em vários estados do Brasil, durante o ano de 2011; igualmente são divulgados materiais (artigos, vídeos e filmes) alusivos à heróica luta dos trabalhadores na Paris de 1871.

cp 2

 Homenagem aos Comunardos, Père-Lachaise, 25 de maio de 2013, por ocasião dos 142 anos da COMUNA DE PARIS! (Foto de Caio N. de Toledo)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments are closed.

Powered by themekiller.com