Bitcoin. A utopia tecnocrática do dinheiro apolítico

0

BITCOIN. A utopia tecnocrática do dinheiro apolítico, Edemilson Paraná, Autonomia Libertária, 2020; por Paulo Henrique Furtado de Araujo

A crítica que oferecemos aqui é uma crítica ontológica e tem o sentido de polemizar, de forma rigorosa, com a figuração de mundo subjacente ao livro Bitcoin, tendo por referência o conjunto categorial marxiano. Além disso, flerta com a possibilidade de abrir um debate teórico em torno do livro de Edemilson Paraná, com o intuito de contribuir para a elucidação do que, de fato, constitui a especificidade da sociedade do capital – pois uma vez esclarecida onde está essa especificidade, teremos identificado a raiz constitutiva da sociedade do capital e, portanto, onde está, em seu nível mais crucial, mais essencial, o nosso inimigo, aquilo que bloqueia o processo de humanização do ser humano. ler mais

Leave A Reply

Powered by themekiller.com