marxismo e religião

0

imagem 2

   A questão religiosa esteve presente nos estudos e análises desenvolvidos pelo marxismo desde o início, como indicam os trabalhos dos jovens Marx e Engels sobre as relações entre religião, filosofia, política, ideologia e revolução. Apesar da forte presença da questão religiosa nas reflexões dos principais teóricos marxistas, ao longo dos anos o debate sobre o tema foi relativamente subvalorizado por conta de uma interpretação equívoca do legado marx-engelsiano, que concebia o fenômeno religioso como um mero reflexo da dinâmica econômica ou como simples ideologia passadista, destinada ao desaparecimento histórico.

   No entanto, a força social demonstrada pelo fenômeno religioso desde o final do século XX levantou a necessidade de atualização deste componente da tradição marxista, suscitando o aparecimento de novos trabalhos e estimulando o debate entre acadêmicos, estudiosos e militantes. Além disso, ao longo do século XX vários budistas, cristãos, judeus e muçulmanos inspiraram-se em diferentes aspectos da tradição marxiana, construíram projetos políticos emancipatórios nela inspirados e também aproximaram vertentes dessas religiões e vários de seus praticantes de temas do marxismo, bem como dos grupos e partidos políticos de esquerda, inclusive da tradição comunista.

   Por conta disto, marxismo21 busca inserir-se neste processo, apresentando a seus leitores um dossiê sobre marxismo e religião. Somos gratos à relevante colaboração dos pesquisadores Eduardo F. Chagas (UFC) – cujo texto de abertura do dossiê foi especialmente elaborado para o blog –  e Muniz Ferreira (UFRRJ).

Finalmente, observamos que, excepcionalmente, este dossiê publica vários textos em outras línguas além do português e o castelhano na medida em que estes trabalhos são relevantes para a pesquisa marxista sobre a problemática da religião

Os Editores.

******

A crítica da religião como crítica da realidade social no pensamento de Karl Marx.

Eduardo Chagas, UFC

   Marx não desenvolveu de maneira detida e sistemática sua crítica à religião, considerando até um problema já amplamente trabalhado por Feuerbach[1], embora tenha dado diversos destaques à relação entre a religião e o capitalismo, tal como fê-lo, meio século depois, Max Weber na associação do protestantismo com o capitalismo em sua obra Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo.[2] No entanto, pode-se dizer que Marx esboçou diferentes concepções acerca da religião, tratando dela, tal como da ética, da filosofia, da família, da política, do direito, do Estado etc., como um produto das ideias, das representações teóricas, da consciência utópica, como produção espiritual de um povo, como uma forma social de consciência, pertencente à esfera da superestrutura ideológica[3] (como ideologia religiosa), condicionada, pois, pela produção material, pela estrutura econômica, a base da sociedade, e pelas relações sociais correspondentes. Como Marx diz no Prefácio (Vorwort) à Para a Crítica da Economia Política (Zur Kritik der politischen Ökonomie) (1859):

   “A totalidade das relações de produção constitui a estrutura econômica da sociedade, a base real sobre a qual se eleva uma superestrutura jurídica e política e à qual correspondem determinadas formas de consciência social. O modo de produção da vida material condiciona em geral o processo da vida social, política e intelectual. Não é a consciência dos homens que determina o seu ser; mas, ao contrário, é o seu ser social que determina a sua consciência. […] Com a transformação da base econômica altera-se, mais ou menos rapidamente, toda a imensa superestrutura. Na consideração de tais transformações é necessário sempre distinguir entre a transformação material – que se pode comprovar de maneira cientificamente rigorosa – das condições econômicas de produção e as formas jurídicas, políticas, religiosas, artísticas ou filosóficas, em resumo, as formas ideológicas”.[4]

   Mas, para Marx, como materialista e ateu convicto, a religião ocupa uma posição especial na superestrutura, diferentemente das demais formas ideológicas, a saber, a política, a social e a cultural, na medida em que ela, não na sua dimensão privada, exercida por um indivíduo particular, que só a ele diz respeito, mas na sua dimensão social e política enquanto expressão de alheamento do homem de seu mundo real e de conformação social com esse mundo, corroborando para a “perpetuação” de uma dada sociedade, deve ser suprimida positivamente. Suprimir positivamente a religião significa, de acordo com o meu parecer, negar a religião não na esfera privada, enquanto prática individual, mas na esfera pública, a função social dela.

   O foco de Marx é a crítica ao revestimento religioso, ou seja, a presença da religião, por exemplo, na sociedade civil (como na religião, em que há uma cisão entre a esfera terrena e a esfera celeste, a sociedade civil enquanto esfera do aquém, privada, profana, está em oposição à esfera do além, do “sagrado”, do Estado), no Estado (como um universal sagrado, eterno, uma totalidade, um guardião protetor), no capital (a fé no capital, visto como um grande deus, o deus-capital, o verdadeiro deus, o único deus real e vivo, o deus implacável, o deus sinistro, que faz e desfaz, que cria e destrói, que pode ser conhecido, visto, tocado, cheirado, provado, um deus todo-poderoso, ilimitado, eterno, internacional, universal, presente em todos os locais, manifestado sob diferentes formas), no “milagre” das tecnologias, na mercadoria (as transformações, as encarnações de uma mercadoria em outras), no reino do dinheiro, do ouro (o dinheiro como objeto adorado, venerado, como “a alma” do capitalismo, que move o universo e é mercadoria milagrosa que contém em si outras mercadorias), nos “princípios sagrados, eternos” do trabalho (o trabalho como atividade sagrada, da qual deus compensa)[5], como objetos de adoração, que, embora profanos, laicos, se revestem de religiosidade, se apresentam de forma religiosa, ocultando seus conteúdos. ler mais

******

I. Clássicos:

Nota prévia a “A guerra dos camponeses alemães” – Friedrich Engels https://www.marxists.org/portugues/marx/1870/02/11.htm

Contribuição para a história do cristianismo primitivo – Friedrich Engels https://www.marxists.org/portugues/marx/1895/mes/cristianismo.htm

A questão judaica – Karl Marx https://www.marxists.org/portugues/marx/1843/questaojudaica.htm Feuerbach.

Oposição das Concepções Materialista e Idealista. (Capitulo Primeiro de A Ideologia Alemã) –  Karl Marx e Friedrich Engels https://www.marxists.org/portugues/marx/1845/ideologia-alema-oe/index.htm

Sobre a Religião – Karl Marx e Friedrich Engels, https://marxismo21.org/revistas-online/.

Porque crê em Deus a burguesia – Paul Lafargue, https://www.marxists.org/portugues/lafargue/1906/deus/index.htm

O Socialismo e a Religião – V. I. Lênin, http://pcb.org.br/fdr/index.php?option=com_content&view=article&id=36:o-socialismo-e-a-religiao&catid=8:biblioteca-comunista

Textos sobre religião – V. I. Lenin, http://www.communisme-bolchevisme.net/download/Lenine_Textes_sur_la_religion.pdf

O socialismo e as Igrejas – Rosa Luxemburg, https://www.marxists.org/portugues/luxemburgo/1905/mes/igrejas.htm

Origens e fundamentos do cristianismo,  Kautsky, https://pt.scribd.com/doc/140295974/Cristianismo-Kautsky

Acción católica, católicos integrales, jesuitas, modernistas (Cuaderno 20) – Antonio Gramsci. https://bibliophiliaparana.wordpress.com/2011/09/05/gramsci-antonio-cuadernos-de-la-carcel-tomo-vi

II. Debate marxista

Marxism and religion, David Mc Lellan

LeMarxisme et religion – Giulia Acqua, http://quefaire.lautre.net/Marxisme-et-religion

Benjamin e o capitalismo. – Giorgio Agamben, http://www.ihu.unisinos.br/noticias/520057-benjamin-e-o-capitalismo-artigo-de-giorgio-agamben

A Vontade é Livre? Natureza e Ética em Ludwig Feuerbach- Eduardo F. Chagas, http://www.revistadialectus.ufc.br/index.php/RevistaDialectus

A Religião em Feuerbach: Deus não é Deus, mas o Homem e/ou Natureza Divinizados – Eduardo F. Chagas, http://www.revistadialectus.ufc.br/index.php/RevistaDialectus

A crítica de Marx à religião como ilusão e inversão de mundo. – Eduardo F. Chagas, ,https://goo.gl/gVh4Qa

Aspectos do pensamento de Mariátegui e a perspectiva descolonial dos estudos de religião –  Allan da Silva Coelho  file:///C:/Users/marcia/Downloads/Mari%C3%A1tegui%20e%20o%20Estudo%20de%20Religi%C3%A3o%20(1).pdf

Tillich , leitor de Marx. – Eduardo Gross. https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/COR/article/viewFile/1785/1770

Le combat du marxisme contre la religion (dossiê). https://fr.internationalism.org/rint110/religion.htm

Marxisme et religion – Jihane Halsanbe. https://npa2009.org/node/37380

A guerra dos deuses: religião e política na América Latina – Vera Irene Jurkevics, file:///C:/Users/marcia/Downloads/2721-5559-1-PB.pdf

Um olhar crítico: O pensamento de Marx acerca da religião. – Robertino Lopes, http://robertinolopes.blogspot.com.br/2013/01/um-olhar-critico-o-pensamento-de-marx.html

Marx e a religião – Domenico Losurdo, https://www.youtube.com/watch?v=1EArRsjY6Pg

Os mercadores, o templo e a filosofia: Marx e a religiosidade, Mauro Castelo Branco de Moura

Marxismo e religião: ópio do povo? Michael Löwy,  http://www.diarioliberdade.org/mundo/batalha-de-ideias/37025-marxismo-e-religi%C3%A3o-%C3%B3pio-do-povo.html

Marx e Engels como sociólogos da religião – Michael Lowy,  http://www.scielo.br/pdf/ln/n43/a09n43.pdf

Marxisme et religion: Antonio Gramsci  – Michel Löwy,  ftp://ftp2.marxau21.fr/marxau/reserve/ML_marxisme_religion-AG.pdf

Por uma Sociologia marxista da religião: entrevista com Michael Löwy – Deni Alfaro Rubbo e Marcelo Netto Rodrigues

http://www.revistas.usp.br/plural/article/viewFile/102227/100624

Marx e a Religião: Pressupostos Básicos para uma Compreensão da Religião na Obra de Marx. – Francisco Alencar Motta. http://www.revistadialectus.ufc.br/index.php/RevistaDialectus

Marxismo, política e religião de um “marxista convicto e confesso”: Michael Löwy leitor de José Carlos Mariátegui. – Deni Ireneu Alfaro Rubbo, http://www.revistaoutubro.com.br/edicoes/21/out21_09.pdf

Marxismo e religione (dossiê), http://old.marxismo.net/marxismo-e-religione/teoria-marxista/marxismo-e-religione

Marxisme et religion (dossiê), http://www.europe-solidaire.org/spip.php?rubrique907

More than opium: marxism and religion – John Molyneux, http://isj.org.uk/more-than-opium-marxism-and-religion/

A presença de Marx no pensamento religioso de Rubem Alves. – Antônio Vidal Nunes, http://www.abhr.org.br/plura/ojs/index.php/anais/article/viewFile/424/482

Marxismo, ideologia e religião – Antonio Ozaí,  https://antoniozai.wordpress.com/2013/08/10/marxismo-ideologia-e-religiao/

Ludwig Feuerbach e o jovem Marx: a religião e o materialismo antropológico dialético. – Deive Redyson, https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxyZWxpZ2lhb2VmaWxvc29maWF8Z3g6N2FkYjkzYTE5OWM4YThhOA

O sentido da evolução em Teilhard de Chardin e no materialismo dialéctico.  – Antonio Soares., http://bdigital.ipg.pt/dspace/bitstream/10314/700/1/revista%20N%C2%BA3%20-%20Soares%20%281988%29.pdf

O marxismo e a religião – Alan Woods, http://www.marxist.com/marxismo-religiao-socialismo.htm

Clássicos do marxismo e crítica da religião, Delos B. Mckown,

Do diálogo à causa comum. – Raimundo Santos, http://www.acessa.com/gramsci/?page=visualizar&id=196

Rethinking Marx and religion – A. Toscano, http://www.marxau21.fr/index.php/textes-thematiques/religion/5-rethinking-marx-and-religion

Les fondements de la théorie marxiste sur la question religieuse – sem autoria, http://www.leftcommunism.org/spip.php?page=imprimer&id_article=270&lang=fr

III. Marxismo e cristianismo

Crítica à crítica marxista do cristianismo – Abílio Tadeu Arruda, http://fathel.com.br/revista/wp-content/uploads/downloads/2010/12/critica_a_critica_arruda.pdf

Avaliação Crítica de alguns Conceitos elaborados pelos Intelectuais da Doutrina Social – Adriana Gilioli Citino. file:///C:/Users/marcia/Downloads/ARTIGO%20REVIS%C3%83O%20DE%20DOCUMENTOS%20(1).pdf

A Igreja Católica na Assembléia Nacional Constituinte de 1933/1934 – Adriana Gilioli Citino, file:///C:/Users/marcia/Downloads/artigo%20Adriana%20Gilioli%20Citino%20(1).pdf

El marxismo em los CPS – Cristianos por el Socialismo. – Antonio Moreno de la Fuente, http://www.cristianosporelsocialismo.org/Archivos/DOCUMENTO%2038.doc

O catolicismo latino-americano radicalizado – Michael Lowy,  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141989000100005

A ética católica e o espírito do anticapitalismo – Michael Lowy,  https://www.youtube.com/watch?v=XP-rUaV4kfg

Marxismo e cristianismo na América Latina  – Michael Lowy, http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-64451989000400002

A Igreja Católica e os Movimentos Sociais do Campo: a Teologia da Libertação e o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra – Antonio Julio Menezes Neto, http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-49792007000200010

Teologia da Libertação: revolução e reação interiorizadas na Igreja – Sandro Ramon Ferreira da Silva, http://www.historia.uff.br/stricto/td/924.pdf

A Teologia da Libertação no Brasil: Aspectos de uma crítica político-teológica à sociedade capitalista. – Claudete Gomes Soares., http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000210321&fd=y

Religião e Juventude: os jovens carismáticos – Flávio Munhoz Sofiati., http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-05022010-175056/pt-br.php

Elementos sócio-históricos da Renovação Carismática Católica – Flávio Munhoz Sofiati, https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ER/article/viewFile/1528/1554

Gramsci e as tendências orgânicas do catolicismo brasileiro. – Flavio Munhoz Sofiati, http://portal.anpocs.org/portal/index.php?option=com_docman&task=doc_view&gid=2150&Itemid=229

A historiografia da teologia da libertação na América Latina e a questão dos pares assimétricos – Mairon Escorsi Valério, http://www.periodicos.ufgd.edu.br/index.php/FRONTEIRAS/article/viewFile/1729/1512

Marx e o Cristianismo – Henrique C. de Lima Vaz S. J., https://goo.gl/hQg4Zr

Origens da Teologia da Libertação, Marco Antonio Mitidiero Junior

A Teologia da Libertação e a opção preferencial pelos pobres na América Latina – Camila Follegati Zanini, Marcus Baccega, Rafael Balan Zappia, http://www.seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19361

Acción católica, católicos integrales, jesuitas, modernistas (Cuaderno 20) – Antonio Gramsci, https://bibliophiliaparana.wordpress.com/2011/09/05/gramsci-antonio-cuadernos-de-la-carcel-tomo-vi/

Darwin, caixas pretas e o retorno do criacionismo, Maurício Vieira Martins

Sociologia da ciência e o embate entre criacionistas e evolucionistas, Maurício Vieira Martins

Problemas suscitados pelo Natal cristão, Bernardo Boris Vargaftig

IV. Marxismo e budismo

 Occupy Budhism: Or Why the Dalai Lama is a Marxist – Stuart Smithers, http://www.tricycle.com/web-exclusive/occupy-buddhism

The Buddha’s Jatakas and Karl Marx’s Volumes on Capital – Towards an authentic perspective of Buddhist Economics for ASEAN

Dalai Lama´s a marxist-budhism – Ed Halliwell, http://www.theguardian.com/commentisfree/belief/2011/jun/20/dalai-lama-marxist-buddhism

A Blueprint for Buddhist Revolution: The Radical Buddhism of Seno’o Girō (1889–1961) and the Youth League for Revitalizing Buddhism – James Mark Shields, http://www.jstor.org/stable/23343743

Buddhism and Marxism in Taiwan: Lin Qiuwu´s Religious Socialism and Its Legacy in Modern Times – Charles B. Jones, http://www.globalbuddhism.org/jgb/index.php/jgb/article/download/17/23

Can you be marxist and budhist? – Michael Slotthttp://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/14639947.2011.610640

The Relation with China’s Native Cultures: A Comparison Between Marxism and Buddhism – Yao Hongyue, http://en.cnki.com.cn/Article_en/CJFDTOTAL-CQGS201201015.htm

The Localization of Buddhism as a Source of Inspiration for the Localization of Marxism in China – Xiao Li-bin,  http://en.cnki.com.cn/Article_en/CJFDTOTAL-YWHL201101020.htm

V. Marxismo e zen-budismo

Popularization of Marxism as informed by the massification of Buddhism – Yao Hongyue, http://en.cnki.com.cn/Article_en/CJFDTOTAL-WHKS201104009.htm

On Zen marxism, https://www.jstor.org/action/showLogin?redirectUri=/action/showRegistrationUpdate

Zen Marxism – Paul Shackley,  http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/14639940108573748?journalCode=rcbh20#.VlxiGHarTIU

VI. Marxismo e islamismo

 Islamophobie: le véritable point de vue des marxistes sur la religion – Pierre Tevanian, http://www.michelcollon.info/Interview-avec-Pierre-Tevanian-Le.html?lang=fr

Political Islam: a marxist analysis (Parte 1) – Deepa Kumar, http://isreview.org/issue/76/political-islam-marxist-analysis

Political Islam: a marxist analysis (Parte 2) – Deepa Kumar, http://isreview.org/issue/78/political-islam-marxist-analysis

Marxism and Islam, http://en.internationalism.org/icconline/201207/5032/marxism-islam

Shariati and Marx: A Critique of an “Islamic” Critique of Marxism – Assef Bayat, https://openaccess.leidenuniv.nl/bitstream/handle/1887/9774/12_606_015.pdf?sequence=1

Marxism in islamic South Yemen – Michael G. Russel, http://www.dtic.mil/dtic/tr/fulltext/u2/a215991.pdf

Socialists’ attitude to religion and to political Islam: the 2013 controversy (dossiê), http://www.workersliberty.org/story/2013/11/18/socialists-attitude-religion-and-political-islam-2013-controversy

Marxism and Shi´ism – Bilal Ahmedhttp://souciant.com/2014/02/marxism-and-shiism/

Marxism, Modernity, and Revolution: The Asian Experience, www.springer.com/…/9783319097398-c1.pdf

Le marxisme et l´Islam (essai de bibliographie) – Jean-Paul Charnay, http://www.persee.fr/doc/assr_0003-9659_1960_num_10_1_2701

Marx, Lenine, les bolcheviks et l´Islam – Bruno Drweski, http://www.michelcollon.info/Marx-Lenine-les-bolcheviks-et-l.html?lang=fr

Marxisme et monde musulman – Maxime Rodinson, https://www.monde-diplomatique.fr/1972/11/CHALIAND/31213

Vários textos de M. Rodinson sobre religiões e marxismo: 

VII. Marxismo e judaísmo

Karl Marx, Abram Leon and the Jewish Question: a reappraisal – John Rose, http://isj.org.uk/karl-marx-abram-leon-and-the-jewish-question-a-reappraisal/

Jews, Marxism and the Worker’s Movement (dossiê), https://www.marxists.org/subject/jewish/

VIII. Vídeos:

A ética católica e o espírito do anticapitalismo. Michael Lowy, https://www.youtube.com/watch?v=XP-rUaV4kfg

Sobre a questão judaica – Arlene Clemesha, https://www.youtube.com/watch?v=qkEorztMlmg

 Vídeo-aulas de Michael Löwy sobre Marxismo e religião:

Aula 1: Apresentação (Michael Lowy)

https://www.youtube.com/watch?v=oFY_poT0X6U

Aula 2: Engels como sociólogo da religião (Michael Lowy)

https://www.youtube.com/watch?v=cXzd57sYOg4

Aula 3: Walter Benjamin e o capitalismo como religião (Michael Lowy)

https://www.youtube.com/watch?v=gPsLrvhO3TE

Aula 4: Gramsci, sociólogo da religião (Michael Lowy)

https://www.youtube.com/watch?v=0vOGttCtLwo

Aula 5: Ernst Bloch, a religião como utopia (Michael Lowy)

https://www.youtube.com/watch?v=cPAuCC2f_Js

Aula 6: E. P. Thompson: a religião dos operários (Michael Lowy)

https://www.youtube.com/watch?v=JAT6sKq1RnU

Aula 7: Hobsbawm e a sociologia do milenarismo camponês (Michael Lowy)

https://www.youtube.com/watch?v=CbByx_0AY6Y

 

 

Comments are closed.

Powered by themekiller.com