Só mais um esforço

0

Só mais um esforço, Vladimir Safatle, Três Estrelas, 2017. Por Alexandre Pimenta.

(Resenha publicada, originalmente, em LavraPalavra.)

Em seu novo livro, Só mais um esforço (Três Estrelas, 2017), o filósofo Vladmir Safatle realiza múltiplos panoramas sobre o “território em degradação acelerada” que se tornou o Brasil. O país é tomado como modelo ilustrativo para pensar os impasses da esquerda contemporânea. “Pois a história brasileira é, na verdade, o último capítulo de outra história. Ela é o setor mais influente da história latino-americana, que, por sua vez, está vinculada, nas últimas décadas, à ascensão da esquerda ao poder” (p. 16).  Mas não acaba por aí. Essa experiência é também “o último capítulo da história da esquerda mundial no século XX”! Tentando encontrar, tal qual a leitura materialista de Lênin[i], o “núcleo racional” dessa visão com fortes cores hegelianas, achamos um motivo bastante coerente para essa sobreposição quase linear – fora seu efeito, sobretudo, retórico. Rejeitando a causalidade “completamente endógena” nas análises de processos político-sociais, o autor se propõe “perceber como se dá nosso modo de integração aos movimentos globais”. ler mais

Comments are closed.

Powered by themekiller.com